PRR – Internacionalização via E-commerce

CONCURSO JÁ ABERTO

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, foi publicada o Aviso N.º 08/C16-i02/2022 -Internacionalização via E-commerce, com uma dotação de 4,5 milhões de euros, para Pequenas e Médias Empresas (PME).


Objetivo
O principal objetivo deste concurso é conceder apoios a projetos individuais de PME que visem a concretização de estratégias de internacionalização digital.

Beneficiários e área geográfica
PME’s de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica, localizadas no território nacional, incluindo as regiões autónomas da Madeira e dos Açores.

Condições específicas de acesso
- Apresentar situação líquida positiva no exercício fiscal de 2021;
- Realizar um Diagnóstico de E-commerce prévio, com pontuação final superior a 20 pontos;
- Plano detalhado de E-commerce internacional que sustente a apresentação da candidatura e, por outro lado, a definição da tipologia da candidatura a submeter.

Tipologia de projetos
São enquadráveis no presente concurso:
1. “Mais mercados”: projetos de Internacionalização promovidos pelas PME que demonstram melhores condições para promover o alargamento e a diversificação de mercados de exportação através de canais digitais, traduzidas numa pontuação final igual ou superior a 75 pontos obtida no resultado do Diagnóstico E-commerce realizado;
2. "Novas Exportadoras" : projetos de internacionalização promovidos pelas PME que tenham obtido uma pontuação final igual ou superior a 20 pontos e inferior a 75 pontos no resultado do Diagnóstico E-commerce realizado.

Limiares da despesa
- 25.000 € e 85.000 €, para projetos enquadrados na tipologia “Mais Mercados”;
- 10.000 € e 25.000 €, para projetos enquadrados na tipologia “Novas Exportadoras”.

Despesas elegíveis

a) Aquisições de equipamentos e software diretamente relacionados com a implementação do projeto;

b) Despesas relacionadas com a aquisição de serviços a terceiros relativas ao desenho e implementação de:

- Estratégias aplicadas a canais digitais para gestão de mercados, canais, produtos ou segmentos de cliente;
- User-Centered Design (UX): desenho, implementação e otimização de estratégias digitais centradas na experiência do cliente que maximizem a respetiva atração, interação e conversão;
- Desenho, implementação, otimização de plataformas de Web Content Management (WCM), Campaign Management, Customer Relationship Management e E-commerce;
- Criação de lojas próprias online, inscrição e otimização da presença em marketplaces eletrónicos, incluindo despesas de subscrição e fees de adesão durante o período de execução do projeto;
- Search Engine Optimization (SEO) e Search Engine Advertising (SEA): melhoria da presença e ranking dos sítios de comércio eletrónico nos resultados da pesquisa, em motores de busca, por palavras-chave relevantes para a notoriedade e tráfego de cada sítio;
- Social Media Marketing: Desenho, implementação e otimização da presença e interação com clientes via redes sociais;
- Content Marketing: criação e distribuição de conteúdos digitais (texto curto, texto longo, imagens, animações ou vídeos) dirigidos a captar a atenção e atrair os clientes-alvo para as ofertas comercializadas pela empresa;
- Display Advertising: colocação de anúncios à oferta da empresa em sítios de terceiros, incluindo páginas de resultados de motor de busca;
- Mobile Marketing: tradução das estratégias inscritas nos pontos anteriores para visualização e interação de clientes em dispositivos móveis, nomeadamente smartphones e tablets;
- Business Inteligence e Web Analytics: recolha, tratamento, análise e visualização de grandes volumes de dados gerados a partir da navegação e interação de clientes em ambiente digital por forma a identificar padrões, correlações e conhecimento relevante que robusteçam os processos de gestão e tomada de decisão.

c) Custos com pessoal técnico diretamente afeto à implementação do projeto, devendo ser evidenciadas as competências/valências em e-commerce e marketing digital e corresponder a um nível mínimo de qualificação VI (QNQ).


Formas dos apoios e taxa de financiamento
O apoio a conceder reveste a forma de incentivo não reembolsável, com uma taxa de financiamento de 50%.

Início e duração das operações
As operações (investimentos) podem iniciar-se após a submissão da candidatura, com um limite de execução de 12 meses a contar da data de assinatura do Termo de Aceitação.

Nota: O presente resumo não dispensa a leitura do Aviso de Abertura de Concurso (https://recuperarportugal.gov.pt/).
Contacte-nos para enquadrarmos a sua candidatura.

KNOW-HOW AO DISPOR DOS CLIENTES

Inseridas num mercado cada vez mais global e competitivo, as empresas têm de obter internamente, de forma progressiva e contínua, ganhos de eficiência, tanto ao nível Organizativo, como de Produtividade e de Gestão. Uma Gestão empresarial cada vez mais rigorosa e abrangente promove a solidez das empresas.

Entre em contacto!